quinta-feira, 23 de março de 2017

Cápsula do Tempo


Adoro o conceito de Cápsula do Tempo!

A perspectiva de guardar propositadamente algo que só irá ser visto anos mais tarde, por mim ou por outrem entusiasma-me. E estou a planear o que irei fazer nesse sentido.

Já tenho em casa algumas cápsulas do tempo, na forma de garrafas de vinho. São autênticas cápsulas do tempo bebíveis, transpondo algo do ano em que foi produzido o vinho para o momento em que foi consumido. Não comento resultados. Experimentem.

Por vezes deparo-me com outras cápsulas do tempo, resultantes de arrumações ou de esquecimento, e são quase sempre acompanhadas por uma emoção forte ao lembrar-me das situações e pessoas envolvidas, que resultaram em momentos únicos e irrepetíveis….

Dadas as verdadeiras cápsulas demorarem muito tempo a ganharem algum significado, e por não ter certeza de que serei eu a abri-las, resolvi fazer batota, aldrabando o conceito!

Assim, escolho um ano e colecto fotos e ideias vigentes dessa época, acresço ou não algo meu e crio uma (falsa) cápsula do tempo. A emoção seguramente não é a mesma, mas a aprendizagem sobre essa altura aumenta muito. E por vezes uma ou outra surpresa!

Mostro, como exemplo, a Cápsula do Tempo (falsa) do Ano 1997.

Nesse ano o Presidente dos Estados Unidos era um tal de Bill Clinton, acabou oficialmente o Império Britânico, e morreu a Princesa Diana Gianni Versace.

Nokia apresentou o seu novo modelo de telemóvel, o inovador 1611...


Michael Jackson teve um filho nesse ano. Mas o que se destaca mais na é mesmo a expressão da mãe da criança. Mas aconselho a não olharem muito fixamente para a fotografia não terem insónias!


Donald Trump nesse ano decerto não imaginava o que seria hoje (mas o cabelo dele estava igualmente muito parvo).


Brad Pitt tinha mesmo cara de puto…. e nessa altura nem pensava na Angelina.


Nesse ano estreou-se o filme TITANIC....



… e na maioria dos computadores pessoais corria o mítico WINDOWS 95!


Mas se pensam que tudo mudou desde essa altura, enganem-se, pois nesse ano, os Globos de Ouro para Melhor Apresentador foram:

De Informação | José Rodrigues dos Santos

De Entretenimento | Herman José