segunda-feira, 18 de julho de 2016

A Comichão

É certo e sabido. O Amor está sempre ao nosso lado!
´
Por vezes até temos receio de olhar para o lado, por sabermos que ele lá está. Sempre.

Mas algumas vezes somos tentados. E lá está ele, a sorrir… daquele jeito só dele....

E quando ficamos sem jeito é porque o sorriso dele está a tocar-nos…. e quando isso acontece…...acontece….

Mas o Amor é tramado e por vezes, demasiado cedo, pede para não ser só sorriso. Ou só Amor e uma Cabana....

É que por vezes, o Amor do outro anda mais depressa do que o nosso.

E aí, para nós, lentinhos, tudo nos parece uma corrida…. e das vertiginosas… e o Amor a andar a diferentes velocidades....

Mas o tecido do Amor não foi feito para esticar!

E por vezes rasga-se como pano-cru.

E quando este fica rasgado e….. já estamos na mesma cabana?

Lindo serviço! Sem sorriso bonito e sob o mesmo tecto….

Resta um Amor rasgado e um Sorriso amarelinho….

E aí começa o incómodo…. e uma comichão que não sara…

Aplicamos cremes para atenuar um pouco…

E deixamos de sentir tanta comichão…. por algum tempo.

Mas esta quase sempre volta, por isto e por aquilo.

E aí comicha cada vez mais…. e mais, e mais, até ficar em ferida….

Ainda gostamos mas incomoda-nos estarmos a partilhar o mesmo espaço….

Ainda gostamos mas o seu cheiro atrai-nos cada vez menos…

Ainda gostamos mas a sua voz torna-se cada vez mais irritante….

E aí? Ainda gostamos. Mas já não suportamos...

É a comichão que não passa…


E lembrar que tudo começou com um lindo sorriso….